sábado, 31 de outubro de 2009

HÁ QUE DESPOLUIR ESTA JOIA DA NATUREZA!


Foto de A.CPosted by Picasa
Vamo-nos dedicar á despoluição da "NOSSA BAÍA"!

O nosso MOVIMENTO vai fazer uma sondagem, de opinião, sobre a forma como o tratamento de águas está a ser realizado pela ETAR.

O que falta fazer, os defeitos, os erros etc.

Por favor deixem a vossa opinião!


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

OPINIÃO DE UM SEGUIDOR SOBRE O COLÉGIO JOSÉ BENTO DA SILVA.


São Martinho do Porto teria todo o interesse em acolher um pólo universitário. A nossa terra tinha uma tradição de ensino ao mais alto nível, já no século XIX, através do Colégio José Bento da Silva. A importância da instituição era de tal ordem que, em 1889, o czar da Rússia Alexandre III, então de visita a Portugal, passou por São Martinho e deixou a sua assinatura no Livro de Honra do Colégio José Bento da Silva. Daí saíram individuos que se destacaram nas mais diversas áreas, alguns dos quais tiveram importantes cargos de estado, como seja o de ministro. O Colégio tem todas as condições para acolher um polo universitário.

O doador deixou bem claro, em testamento, os propósitos do edifício que legava à comunidade são martinhense:o ensino e a cultura. Pena é que não se tenha mantido para sempre com essas actividades. A Junta de Freguesia não tem, sobretudo hoje, razão de estar a ocupar - indevidamente - aquele espaço. O seu lugar, como órgão de poder político, é nos antigos Paços do Concelho (que serviu de quartel aos bombeiros até há pouco tempo). Ali ainda se mantêm, em pedra, as armas de Portugal do tempo da monarquia, que carecem de uma conservação urgente. Foi dos poucos sítios do país em que não foram picadas com a chegada da república. Com tanto dinheiro mal gasto, também não seria dificil restaurar aquele belo e funcional edificio para as instalações da Junta de Freguesia.

Em suma, a nossa terra só ganharia com a fixação de um pólo universitário. Além de recuperar o prestígio académico, fixava jovens, professores, entre outros, que são essenciais para povoar a vila (sobretudo no centro), fazendo gerar riqueza, consumo, alugueres, trocas, emprego, cultura, animação. Isto durante TODO O ANO. Combatia-se, assim, a sazonalidade.
Tudo seria tão mais fácil se os nossos autarcas tivessem o mínimo de conhecimento da história de São Martinho do Porto. Seríamos, decerto, menos desconsiderados.

Viva São Martinho do Porto! Viva Caldas da Rainha!

Parabéns ao Movimento! Vamos em frente!

António Carlos Martins Costa

Publicada por António Carlos em São Martinho para Caldas a 25 de Outubro de 2009 20:16

Posted by Picasa

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

SÃO MARTINHO TEM UM NOVO PRESIDENTE DE JUNTA

São Martinho do Porto tem um novo presidente da Junta


Outubro 21st, 2009 · Jornal das Caldas edição on line



Joaquim Clérigo venceu com o seu grupo de independentes“Em São Martinho do Porto há muito que o PSD vence as eleições autárquicas. Vencia, porque desta vez, ao contrário do que era expectável, venceu uma lista de independentes. Era conhecido o desgaste do actual presidente da junta de freguesia, conhecidos até alguns dos erros cometidos. Mas fomos surpreendidos”. O comentário é de António Prôa, no seu blogue na Internet sobre São Martinho e reflecte o que se passou nas eleições para a Junta de Freguesia.

Se para a Câmara e Assembleia Municipal de Alcobaça não houve surpresas e o PSD venceu de forma folgada, mesmo com um novo candidato ao executivo camarário - Paulo Inácio que substituiu o actual presidente - Gonçalves Sapinho, já na freguesia de São Martinho a candidatura “Força Viva”, de um grupo de cidadãos independentes, encabeçada por Joaquim Clérigo, comandante dos bombeiros locais, foi quem arrecadou a vitória e com maioria absoluta.

O movimento independente recolheu 56,32% dos votos (811), o que lhe confere 6 mandatos na Assembleia de Freguesia, enquanto que o PSD apenas conseguiu 31.46% dos votos (453), elegendo 3 elementos. O BE também concorreu e ficou-se pelos 8.75% dos votos (126), não conseguindo nenhum mandato.

Joaquim Clérigo concorreu à Junta por não acreditar “no conformismo, no desalento, na crítica isolada, na apatia que temos assistido nos últimos tempos”.

“O que nos move é a paixão pela freguesia de São Martinho do Porto”, afirmou, garantindo que o seu programa eleitoral “não assenta em demagogias, é um programa realista, sem promessas infundadas, que pretende ir ao encontro do bem-estar da população e das justas reclamações dos cidadãos”.

O novo presidente da Junta, que substitui o histórico Manuel Pereira, compromete-se a conseguir a construção do Centro de Saúde definitivo, a melhorar as infra-estruturas de apoio à terceira idade e a apoiar as colectividades locais.

No capítulo do ambiente e turismo, vai “pressionar as entidades competentes para realizarem o desassoreamento da Baía e melhorar o Porto de Abrigo”.

Pretende também “criar parcerias que permitam divulgar os pontos turísticos mais relevantes e o comércio da nossa freguesia, redefinir, com o Município, um novo procedimento de consultas em matéria de urbanização e edificação, alertar as autoridades para o estado dos acessos e espaços públicos, dar resposta, com os meios da Junta, aos problemas mais prementes na via pública (que colocam em risco a segurança das pessoas) e melhorar o sistema de limpeza das ruas”.

Na educação, cultura e desporto, tenciona “comparticipar as refeições e os materiais escolares para as famílias mais carenciadas da Freguesia, apoiar a construção de um refeitório para a Escola Básica, construir uma paragem de autocarro condigna para os alunos de Vale do Paraíso, Serra dos Mangues e Venda Nova, e lutar pela construção de um Complexo Desportivo e Cultural”.

Para a “gestão transparente dos dinheiros públicos”, adianta algumas medidas: “Adjudicação de serviços à Junta de Freguesia através da apresentação prévia de orçamentos por todos os fornecedores, divulgar no sítio da Junta de Freguesia na Internet (a criar) o Orçamento e permitir que o cidadão aceda, por via electrónica, aos serviços administrativos de forma simples e documentada”.

PAGAR E SER AGREDIDO

Pagar  e  ser  “agredido”

  Durante  as  campanhas  para  as  Legislativas  e  as  Autárquicas  mantivémo – nos, embora  atentos, distantes, silenciosos.
  O  Movimento  de  São  Martinho  para  Caldas  é  apartidário! Vivemos  com  todos, porque  é  para  todos  os  habitantes  de  São  Martinho  do  Porto  que  desejamos  o  progresso  e  o  bem-estar.
  Ora, este  período  passou. Os  resultados  expressam, agora, a  vontade  popular.
  Assim, O  Movimento, em  termos  imediatos,  felicitou  de  forma  simples  e  sentida  a  “Força  Viva”. E  fizemo-lo  na  esperança  de  que, sem  ambiguidades, se  empenhem  a  tempo  inteiro na  persecução  de  se  implementar  novas  estruturas  que  atenuem  a  forma  sazonal  como  se  vai  vivendo  nesta  Terra. É  preciso  criar  riqueza  e  emprego, especialmente  para  os  jovens. Fixar  gente. Aumentar  a  população. Criar  vida  própria!
  E, como  manda  o  protocolo  e  a  nossa  forma  educada  de  ser, felicitamos  toda  a  Assembleia  Municipal, o Dr. Paulo  Inácio, na  qualidade  de  “Gestor”  do  nosso, ainda, Concelho. E, bem  assim, toda  a  Vereação  com  e  sem  pelouros  a  distribuir.
  Aproveitamos  para  solicitar, de  forma  humilde  e  premente, que  o  Sr. Presidente  da  CMA nos  trate  de  forma  mais  digna. Olhe  que  merecemos! Por  favor, não  siga  as  pisadas  do  antecessor. Evite  ser  arrogante, seja  compreensivo  e  não  distante  e, acima  de  tudo, educado. Teremos    de  que  sim!
  Igualmente, as  nossas  felicitações  para  o  Senhor  Presidente  da  CMC, na pessoa do Dr. Fernando  Costa, bem como para toda a vereação, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia eleitas. Desejamos que  o  nosso passado/futuro Concelho  continue  a  desenvolver – se  e  a  marcar  assinalável  posição  no  Mapa  do desenvolvimento regional. Queremos  o Concelho  ainda mais  rico  aquando  do  nosso  regresso!
  A  terminar  juntamos  às  felicitações  o  repúdio  para  com  o  Sr.  Ex-Presidente  da  CMA  que  apelidou  de  pindérico  o  Movimento  de  São  Martinho  para  as  Caldas.
  Como  se  isto  não  chegasse  é  ainda  o  seu  assessor  para  a  área  económica, Eduardo  Nogueira, possivelmente  com  o  receio  que  a  “mina  de  ouro  de  São  Martinho”  desapareça  das  receitas  da  CMA, que, entre  algumas  contradições, nos  chama  de  Mazoquistas. Ficamos  confusos, talvez  tenha  alguma  razão, dado  que  contribuímos  com  parte  significativa para os  vencimentos  que  os  dois  percebem. Enfim, coisas  da  vida !

 É  por  estas  e  por  outras  que  nos  batemos  pelo  regresso  às  Caldas  da  Rainha.









domingo, 18 de outubro de 2009

UNIVERSIDADE OESTE NORTE

"Está em fase embrionaria o desenvolvimento da ideia de constituição da universidade Oeste Norte. Que teria sede administrativa em Alcobaça e sede social na Lourinhã, na casa do Oeste, e polos na Lourinhã, Caldas da Rainha, Benedita , Pataias e Nazaré."
Notícia publicada no Jornal das Caldas de 14 outubro 09

O Movimento São Martinho para Caldas, constata uma vez mais o desprezo que esta Terra continua a ser votada pela C.M.A. e demais instituições com responsabilidade no progresso e desnvolvimento regional.
Os responsaveis por este projecto, parecem desconhecer ou querer ignorar, o papel importantissimo que São Martinho do Porto, teve no plano educacional e cultural na região, desde o final do século XIX.
Em São Martinho do Porto, continua a existir o edificio do colégio José Bento da Silva, em muito bom estado de conservação, por onde passaram, importantes personalidades deste País, e que oferece excelentes condições para um polo universitário. Não respeitando o testamento do doador é hoje ocupado pela Junta de Freguesia.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

ENTREVISTA EM DIRECTO EM 94.8 FM

O Movimento São Martinho para Caldas estará numa entrevista, em directo, no dia 17 de Outubro (sexta-feira), entre as 19h e as 20h (programa Oeste Magazine), na rádio 94.8 FM, com estúdios nas Caldas da Rainha.

domingo, 11 de outubro de 2009

Eleições Autarquicas em São Martinho do Porto

O movimento São Martinho para Caldas, felicita a Força Viva pela sua vitória.

domingo, 4 de outubro de 2009